Em nota, Temer diz que não cogita disputar a eleição presidencial em 2018

Em São Paulo

  • André Dusek/Estadão Conteúdo

Em nota divulgada no site do Palácio do Planalto, o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), negou neste domingo, 31, que tenha intenções de disputar a eleição presidencial de 2018.

"Fico honrado com a lembrança de meu nome como possível candidato em 2018", afirmou Temer.

Mas reitero, uma vez mais, que apenas me cabe cumprir o dever constitucional de completar o mandato presidencial, se o Senado Federal assim o decidir. Não cogito disputar a reeleição."

Na nota, Temer ressaltou que "todos meus esforços, e de meu governo, estão voltados exclusivamente para garantir que o Brasil retome a rota do crescimento e seja pacificado".

Em entrevista na edição deste domingo do jornal O Estado de S. Paulo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a candidatura de Temer à reeleição em 2018.

"Se o Michel for confirmado presidente, e o governo chegar a 50% de ótimo e bom, ele é que será o candidato do nosso campo, quer queira, quer não", disse Maia. "Nesse caso, há uma forte tendência de ir para o segundo turno e ganhar de Lula."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos