Três detentos são assassinados a facadas no maior presídio do RN

Três detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, localizada no município de Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal, foram assassinados no início da manhã desta terça-feira (9). Segundo a Coordenação de Administração Penitenciária (Coape), os presos foram mortos a facadas por outros internos, no interior do Pavilhão 1, por volta das 6h30. Um quarto detento foi ferido e recebeu atendimento médico no interior da unidade. Alcaçuz é o maior presídio do Rio Grande do Norte.

A Coape identificou os presos assassinados como sendo Luciano Cunha Gomes, Alexsandro Barros de Andrade e Anderson Freitas de Andrade. Gomes, que cumpria pena por assassinato, foi condenado a 45 anos de prisão e, em 2008, foi acusado junto com outros três presos de decapitar outros dois detentos em Alcaçuz.

Pela manhã, a direção da unidade aguardava a chegada da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para iniciar os trabalhos de investigação e do Instituto Técnico Científico de Polícia (Itep) para periciar e remover os corpos.

Com a ocorrência, o número de presos mortos nos presídios do Estado sobe para 19 neste ano. O último caso registrado foi em 21 de julho, quando um detento da Penitenciária de Alcaçuz foi encontrado enforcado em uma trave de futebol no Pavilhão 2 da unidade prisional.

Desde o último dia 28 de julho, quando foram instalados bloqueadores de sinal de celular na Penitenciária Estadual de Parnamirim, o Estado vive uma onda de violência provocada pela facção criminosa conhecida como Sindicato do Crime. Ao todo, já foram 107 ataques, em 37 cidades.

Criminosos gravam ataque a ônibus no RN e comemoram na prisão

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos