Candidata que teve um voto assume vaga na Câmara de Dracena (SP)

Em Sorocaba

A candidata Aline de Oliveira Souza (PSD), que teve apenas um voto nas eleições de 2012, assume na segunda-feira, 5, a cadeira de vereadora na Câmara de Dracena (SP), cidade de 45,8 mil habitantes, no interior de São Paulo. Ela vai ocupar a vaga deixada pelo vereador Rodrigo Castilho, eleito com 975 votos, que teve o mandato cassado por ter trocado o PSD pelo PSDB fora do prazo legal, segundo o TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

Aline foi a menos votada entre os 109 candidatos que disputaram as 14 cadeiras do Legislativo, mas era a única que ainda restava no PSD. Outros cinco candidatos mais votados pela sigla haviam mudado de partido. O caso só não é inédito no Brasil porque, em 2012, um vereador que recebeu um só voto em 2008 assumiu o cargo em Medianeira, no Paraná.

Conforme o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), embora existam muitos candidatos a vereador mais votados na cidade, a cadeira deve ser preenchida por suplente da mesma legenda do vereador cassado. Castilho entrou com recurso contra a cassação e ainda aguarda julgamento. De acordo com o presidente da Câmara, Francisco Rossi (PR), Aline foi localizada em casa de parentes, em Jundiaí, também no interior paulista, e já confirmou que viajará para Dracena para tomar posse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos