Não queremos nada nesse tribunal a não ser justiça, diz senador Jorge Viana

Brasília - O senador Jorge Viana (PT-AC) falou emocionado aos senadores e pediu que eles votem contra o pedido de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

Em seus 10 minutos de fala, Viana, que foi o 3º senador a se pronunciar, afirmou que a presidente afastada trouxe "argumentos necessários para que qualquer colega pudesse decidir seu voto". "Não queremos nada nesse tribunal a não ser justiça. Se contra fatos não há argumentos, Dilma tem que ser inocentada amanhã", afirmou.

Ele fez ainda uma referencia à defesa emocionada que o advogado de defesa, José Eduardo Cardozo, fez na manhã de hoje. "Confesso que a fala da defesa de Cardozo escreveu uma das páginas mais bonitas do plenário do Senado", disse. Para ele, a defesa que a presidente fez ontem foi "brilhante"

Viana foi mais um senador a citar o ex-presidente da Câmara deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele questionou como a história irá julgar o deputado, que é investigado pela Operação Lava Jato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos