Doria projeta arrecadar R$ 7 bilhões com venda de Interlagos e Anhembi

Em São Paulo

  • Eduardo Knapp/Folhapress

    João Doria Jr (PSDB) comemora a vitória no primeiro turno das eleições

    João Doria Jr (PSDB) comemora a vitória no primeiro turno das eleições

O prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), disse em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira (4) que a venda do complexo de Interlagos e do Anhembi devem render R$ 7 bilhões aos cofres da cidade.

"Estima-se que o Parque Anhembi e o Parque Interlagos possam render cerca de R $ 7 bilhões. Esse valor pode ser maior ou menor dependendo das circunstâncias. É um valor substantivo, cujo os recursos serão prioritariamente investidos em saúde e educação", disse Doria.

Já a concessão do Estádio do Pacaembu ainda não tem um valor projetado.

Doria promete tirar esse esses projetos do papel logo no primeiro ano de mandato por meio de um licitação aberta a investidores nacionais e internacionais.

Segundo o prefeito eleito, o vencedor da licitação do Anhembi será obrigado a ceder o sambódromo à Prefeitura gratuitamente para realização dos desfiles do carnaval. Quem comprar o complexo de Interlagos deverá manter o parque aberto à população.

Doria afirmou que empresas filiadas ao Lide (Grupo de Líderes Empresariais), entidade criada por ele, poderão participar das licitações, e negou que haja conflito de interesses.

"Não é o Lide que poderá participar, mas as empresas filiadas, que representam 52% do PIB".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos