PM não divulga documentos que atestam manutenção de helicóptero

Helicóptero da PM cai no Rio e quatro policiais morrem

Rio - A Polícia Militar não informou o prefixo do helicóptero que caiu próximo à favela Cidade de Deus, mais de 24 horas depois do acidente. O dado é necessário para checar, junto à Agência Nacional de Aviação Civil, se a aeronave estava em dia com a manutenção. Por volta das 14h deste domingo, 20, o major Ivan Blaz, porta-voz da corporação, disse em entrevista que a "manutenção está ok" e que a documentação seria encaminhada para a imprensa, o que não aconteceu.

Outros dados, como o ano de fabricação do helicóptero e o tempo que o helicóptero é usado pelo Grupamento Aeromóvel, não foram divulgados. Por causa da crise do Estado, houve atraso no pagamento de contratos de manutenção com a empresa Helibrás. A secretaria de Segurança, no entanto, recebeu reforços de caixa durante a Olimpíada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos