Doria nega aumento das tarifas de ônibus em 2017, mas admite rever gratuidades

De São Paulo

  • Leonardo Benassato/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Isenção da tarifa de ônibus para idosos e estudantes está sendo reavaliada, diz Doria

    Isenção da tarifa de ônibus para idosos e estudantes está sendo reavaliada, diz Doria

O prefeito eleito João Doria (PSDB) negou, nesta segunda-feira (21), que vá aumentar a tarifa do ônibus na cidade de São Paulo no próximo ano. "A tarifa não muda. Quero reafirmar que a tarifa ficará mantida até 31 de dezembro de 2017".

O jornal Folha de S.Paulo publicou que Doria estuda promover um reajuste "parcial" da tarifa da capital no primeiro ano de gestão. A intenção seria repassar aos usuários os valores gastos pela Prefeitura para cobrir benefícios e gratuidades.

Doria também disse que as gratuidades hoje disponíveis no transporte público - para idosos e estudantes - estão "em estudo", mas não confirmou o que pode mudar nos benefícios.

"Em relação à gratuidade estamos estudando. Estamos analisando isto com o grupo de trabalho composto pela Secretaria da Fazenda, a Secretaria de Gestão e a Secretaria de Transportes. Oportunamente nós vamos comunicar o resultado disso".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos