Itamaraty envia mensagem às embaixadas para lamentar morte de diplomata grego

Brasília - O Ministério das Relações Exteriores enviou às embaixadas uma circular para lamentar a morte do embaixador grego no Brasil, Kyriakos Amiridis, cujo corpo foi encontrado carbonizado em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. Na circular, o Itamaraty disse que desde que foi notificado do desaparecimento do Embaixador, o governo brasileiro acompanhou o caso com "máxima atenção" e agora toma as providências para esclarecer as circunstâncias da morte do representante diplomático.

Na circular, enviada às missões diplomáticas e a representações de organizações internacionais com sede no Brasil, o órgão destaca que o embaixador Amiridis, nascido em 1957, em Veria Imathias, na Grécia, iniciou sua carreira diplomática em 1985 e foi Cônsul-Geral da Grécia no Rio de Janeiro entre 2001 e 2004 e era Embaixador em Brasília desde 15 de janeiro de 2016.

"Ao lamentar profundamente o falecimento do Embaixador Amiridis, o Governo Brasileiro informa às Missões Diplomáticas e Representações de Organizações Internacionais que o local e o horário da cerimônia em memória do falecido embaixador serão comunicados oportunamente", diz o texto. (Carla Araújo - carla.araujo@estadao.com)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos