PUBLICIDADE
Topo

Polícia diz ter pista sobre pistoleiro de chacina em MT

Corpos foram encontrados em assentamento a cerca de 150 quilômetros de Colniza, no norte do Mato Grosso - Divulgação/Secretaria de Segurança-MT
Corpos foram encontrados em assentamento a cerca de 150 quilômetros de Colniza, no norte do Mato Grosso Imagem: Divulgação/Secretaria de Segurança-MT

Fátima Lessa

Em Cuiabá

25/04/2017 08h50

A polícia já tem pistas de um dos quatro pistoleiros autores da chacina na Gleba Taquaruçu do Norte, em Colniza (MT), que aconteceu na quinta-feira (20) e deixou nove mortos, mas prefere não dar mais detalhes para evitar que as investigações sejam prejudicadas.

A investigadora Rosângela Nunes disse nesta segunda-feira (24) que a polícia trabalha em "várias frentes" e nega a identificação de algum dos pistoleiros. "Isso atrapalha nossos trabalhos", afirmou.

O delegado responsável pelo caso, Edson Pick, disse que há um inquérito em andamento na delegacia de Colniza desde 2016 que apura ameaças contra os assentados.

Os trabalhos de investigações foram reforçados ontem com a chegada de uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

O secretário de Estado de Segurança de Mato Grosso, Roger Elizandro Jarbas, foi nesta segunda a Colniza e esteve reunido com os integrantes da força-tarefa para definir as estratégias de ação. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".