Na muralha, turistas chineses gritam 'acelela' a pedido de equipe de Doria

Bruno Ribeiro, enviado especial*

China

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), cruzou a capital Pequim em um carro com bandeiras do Brasil na parte frontal e, em seu paletó, bótons com bandeira dos dois países. Ele foi reconhecido por brasileiros nos voos até a China e na capital do país, que o chamaram de "futuro presidente".

Comentário similar chegou a ser feito por representantes do China Development Bank (CDB), banco chinês equivalente ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), durante a reunião com a equipe do prefeito. A pedido de sua equipe, que produzia conteúdo para as redes sociais do prefeito, turistas chineses fizeram gesto da vitória com a mão e gritaram "acelela" ("acelera"), slogan de Doria, , a uma hora do centro de Pequim.

Questionado se sua visita era também uma ação para cacifá-lo à presidência, uma vez que teria apoio do mercado internacional, respondeu que o objetivo não era esse.

"Fico sempre muito feliz com manifestações carinhosas das pessoas, mas nossa meta nas viagens é buscar novos investimentos para São Paulo." E completou: "Novos investimentos para o Brasil. Mas concentradamente em São Paulo".

*o repórter viajou a convite do governo chinês

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos