Haverá quórum para votar denúncia contra Temer na quarta-feira, garante Maia

Marcelo Osakabe

São Paulo

  • Alex Ferreira/Câmara Federal

    O presidente da Câmara Rodrigo Maia

    O presidente da Câmara Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira, 28, em São Paulo, ter certeza que haverá quórum na quarta feira, 2, para a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer. Maia também afirmou que o Congresso não pode postergar a votação, sob o risco de manter o País paralisado.

"Nosso papel é votar. Não votar é manter o País parado neste momento ainda de muitas dificuldades" disse, ao reagir a relatos de que o Planalto poderia reconsiderar a estratégia de pôr a votação da denúncia na próxima semana. "Não podemos deixar o paciente no centro cirúrgico com a barriga aberta", comparou.

Maia estimou em 480 o numero de presentes no dia da sessão. "A gente precisa encerrar a denúncia e voltar para a agenda de reformas", resumiu. O deputado almoçou com o prefeito em exercício de São Paulo, Milton Leite (DEM). Também estavam no almoço o secretário estadual de Habitação, Rodrigo Garcia, deputados, vereadores e prefeitos do partido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos