PUBLICIDADE
Topo

Vem pra Rua duscute com apoiadores de Dilma em protesto

Constança Rezende

Rio

27/08/2017 12h06

Manifestantes do movimento Vem Pra Rua que fazem protesto neste domingo discutiram com apoiadores da ex-presidente Dilma Rousseff, que estavam em frente a sua casa, em Copacabana, zona sul do Rio. O grupo de cerca de 20 pessoas com bandeiras da ex- presidente esperava a manifestação do Vem Pra Rua, que é contrário do PT, passar no local.

Policiais fizeram um cerco para separar os dois grupos e não haver confronto físico. Mesmo assim, houve muito verbal e organizadores chegaram a acelerar o protesto e pediram calma aos manifestantes." Vamos para a casa do Aécio agora, que nós não temos bandidos de estimação", disseram no microfone.

Mesmo assim, um grupo puxou o grito "A nossa bandeira jamais será vermelha" e os apoiadores de Dilma responderam que os manifestantes "não gostavam de pobre".

O momento foi um dos poucos do protesto, que recebeu o nome de "Circuito dos Corrupto", que citaram nomes de políticos. A maioria do tempo eles gritam "Fora, Gilmar" , o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), que soltou envolvidos na Lava Jato do Rio. Também pedem mais celeridade da presidente do STF, Carmen Lucia, para julgar os pedidos de suspeição de Mendes. Alguns também levam bonecos do juiz federal Sérgio Moro e levam faixas de apoio ao juiz federal do Rio Marcelo Bretas, que julga os processos da Lava Jato do Rik.

O protesto também percorreu a casa do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), no Leblon, e do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), no mesmo bairro.