Em Davos, condenação de Lula foi comemorada por comitiva de Temer

Davos

A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por unanimidade foi comemorada como uma final de jogo de futebol em Davos (Suíça). À mesa do jantar oficial do Forum Econômico Mundial, no hotel Derby, a comitiva brasileira acompanhava à distância o resultado. O presidente Michel Temer e seus principais ministros, como Henrique Meirelles (Fazenda) e Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência), eram informados a cada voto.

Com celular na mão, alguns anunciavam, quase aos gritos "3 a zero! 3 a zero!".

O jantar, em Davos, estava bastante concorrido. Presentes Luis Carlos Trabuco (Bradesco), Pedro Parente (Petrobras), Candido Bracher (Itaú), entre outros. Na hora em que o desembargador Victor Laus proferiu seu voto, encerrando o julgamento no TRF4, foi um sem-parar de toques de celular.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos