PT do Tocantins faz vigília e manifestação a favor do ex-presidente

Célia Bretas

Palmas

A pouca representatividade do PT no Tocantins - tem apenas dois deputados, dentre os 24 da Assembleia Legislativa, e nenhum integrante no Congresso Nacional - se refletiu na fraca adesão de público aos atos convocados pela legenda no estado. A vigília, durante a madrugada desta quarta-feira, 24, reuniu cerca de 30 pessoas, e a manifestação, pela manhã, na frente do Tribunal Regional Federal, pouco mais de 40 apoiadores do ex-presidente. Os organizadores informaram a presença de 70 pessoas.

Com faixas de "Lula é inocente, porque não há crime" e sentados em cadeiras, à sombra das árvores, os manifestantes defenderam a absolvição do ex-presidente. Segundo algumas pessoas, parte da Justiça Federal e do Ministério Público comete um crime ao tentar retirar Lula da disputa eleitoral deste ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos