Pezão reúne-se com cúpula da segurança pública no Rio para comunicar intervenção

Wilson Tosta

Rio

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), reúne-se na manhã desta sexta-feira, 16, com a cúpula da segurança pública fluminense, no Palácio Guanabara, sede do governo, para comunicar a intervenção federal que será decretada na área. Ainda nesta sexta, o governador retornará a Brasília, onde será assinado, pelo presidente Michel Temer, o decreto por meio do qual a União intervirá nas forças estaduais.

Na prática, Pezão perderá todos os seus poderes sobre as corporações policiais. Um general do Exército, Walter Braga Neto, assumirá o comando das Polícias Civil e Militar do Estado, possivelmente com poder para nomear seus comandantes e até prender seus integrantes. A forma da intervenção será fechada em encontro em Brasília, entre Pezão e autoridades federais, ainda nesta sexta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos