Executiva prorroga mandato de Jucá na presidência do MDB por mais um ano

Daiene Cardoso

Brasília

A Executiva Nacional do MDB acaba de prorrogar por mais um ano o mandato da direção nacional do partido, o que inclui a permanência do senador Romero Jucá (RR) à frente da sigla.

Na reunião da Executiva, os dirigentes também deliberaram sobre a divisão do fundo eleitoral para as campanhas para deputado federal e senador.

Além dos dirigentes do partido, participaram da reunião os ministros Carlos Marun (Secretaria de Governo), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Leonardo Picciani (Esportes).

Na saída, Marun repetiu que o presidente Michel Temer não pretende disputar a reeleição neste ano e o que existe hoje são especulações e manifestações de desejo para que ele entre no pleito. "O presidente continua com a mesma posição de não querer disputar as eleições."

O ministro negou que as conversas em torno de uma possível candidatura de Temer prejudiquem a governabilidade e que hoje a base já tem nomes colocados para a campanha presidencial, que são o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD).

"Temos de ter juízo suficiente para caminharmos juntos nas próximas eleições. Se caminharmos juntos, as chances de vitória são muito grandes", declarou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos