Após demissão do comando da PF, Segovia será adido na embaixada em Roma

Sandra Manfrini

Brasília

  • ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO CONTEÚDO

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 1º, o decreto de exoneração de Fernando Segovia do cargo de diretor-geral da Polícia Federal. Em outro decreto, o presidente Michel Temer designou Segovia para exercer a função de Adido Policial Federal na Embaixada do Brasil em Roma, Itália, pelo prazo de três anos.

De acordo com o texto do ato presidencial, o prazo começará a contar a partir da data de apresentação à missão diplomática, em substituição e após o término do prazo da designação de Valdson José Rabelo.

O Diário Oficial desta quinta traz também o decreto que nomeia Rogério Galloro para exercer o cargo de diretor-geral do Departamento da Polícia Federal do Ministério Extraordinário da Segurança Pública. A troca no comando da PF foi anunciada na última terça-feira, 27, e foi um dos primeiros atos do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos