Prefeito de SP diz ter combustível para todos os veículos de serviços essenciais

André Ítalo Rocha e Francine De Lorenzo

São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, informou neste domingo, 27, em entrevista à imprensa, que não falta combustível para os veículos que trabalham para serviços essenciais da cidade. Segundo ele, esses veículos estão sendo abastecidos em três postos exclusivos que foram providenciados pela Prefeitura.

Com isso, segundo o prefeito, apenas três serviços contam com algum tipo de risco de funcionamento: a coleta seletiva de lixo, que no momento está suspensa; a circulação de ônibus, que opera com 100% da sua frota hoje, mas amanhã só deve ficar entre 60% e 80%; e o abastecimento de merenda escolar e gás de cozinha, que só estão garantidos até amanhã.

Covas afirmou que a Prefeitura tem buscado combustível para que o abastecimento de merenda e gás possa continuar funcionamento normalmente também na terça-feira e nos demais dias. "Temos, inclusive, escolta para buscar mais combustível, gasolina, álcool ou diesel, para todos os veículos da cidade que prestam serviços essenciais", disse.

O prefeito informou também que acabou de assinar decreto que suspende restrições da circulação de caminhões pela cidade durante a semana. Afirmou também que a Prefeitura está à disposição do governo do Estado para colaborar. Ele ainda destacou que o Hospital das Clínicas pede aos cidadãos que colaborem com doações de sangue, pois o estoque "está baixo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos