Reação a Bolsonaro se divide em vaias e aplausos na Marcha para Jesus

Daniel Weterman

São Paulo

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à Presidência da República, foi vaiado por parte do público e aplaudido por outra parcela dos fiéis evangélicos que acompanhavam a Marcha para Jesus, em São Paulo, nesta quinta-feira, 31.

Em um rápido discurso, ao lado do senador Magno Malta (PR-ES) e do apóstolo Estevam Hernandes, líder da igreja Renascer, Bolsonaro afirmou que amava Israel. Durante a Marcha, líderes religiosos defenderam a ideia de reconhecer Jerusalém como capital de Israel. Bandeiras do país, considerado berço do cristianismo, eram levantadas entre o público.

"Brasil acima de tudo e Deus acima de todos", disse o parlamentar.

Já Magno Malta, cotado para ser vice de Bolsonaro nas eleições presidenciais, fez um discurso contra a descriminalização do aborto.

Na sequência da fala dos dois, o evento teve show da cantora Lauriete, esposa de Magno Malta e ex-deputada federal pelo Espírito Santo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos