PUBLICIDADE
Topo

Exército e Justiça autorizam doação de 60 fuzis apreendidos para polícia do Rio

Armas apreendidas pelo Exército no Rio - Tânia Rêgo/Agência Brasil Rio de Janeiro
Armas apreendidas pelo Exército no Rio Imagem: Tânia Rêgo/Agência Brasil Rio de Janeiro

Contança Rezende

Rio

28/06/2018 13h00

O gabinete de intervenção federal entregará para a Polícia Civil do Rio 60 fuzis apreendidos no ano passado, no Aeroporto Internacional do Galeão. A ação, anunciada nesta quinta-feira (28) faz parte das medidas emergenciais promovidas pelo Gabinete de intervenção federal no Rio.

Os fuzis foram apreendidos pela própria Polícia Civil, em junho do ano passado. Ela foi considerada a maior apreensão em pelo menos dez anos. As armas eram novas e estavam com numeração raspada, chegadas de Miami, em dois voos. Estavam escondidas no interior falso de aquecedores para piscinas, dentro de um contêiner.

A doação foi autorizada pela Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército Brasileiro, com parecer favorável da 8ª Vara Federal Criminal. Segundo o comando da intervenção, todos os fuzis passaram por testes "para que fosse assegurado o correto funcionamento e condições de segurança do atirador, estando todos em perfeitas condições".

Os fuzis - 15 modelo AR-10 e 45 modelo AK-47 - foram apreendidos por policiais da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) e da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC). A apreensão decorreu de uma investigação que durou dois anos.