Conteúdo publicado há 2 meses

Justiça autoriza emprego da Força Nacional em terras indígenas no RS

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou o emprego da Força Nacional em terras indígenas localizadas no Rio Grande do Sul. São três portarias que tratam da autorização, todas publicadas na edição de hoje do Diário Oficial da União.

A primeira delas dispõe sobre o uso da Força Nacional na região da Terra Indígena Rio dos Índios, no Rio Grande do Sul, em apoio aos órgãos de segurança pública do Estado e à Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas), nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado, por 90 dias.

Outra portaria dispõe sobre o emprego da Força na Terra Indígena Cacique Doble e na Terra Indígena Passo Grande do Rio Forquilha, também no Rio Grande do Sul, em apoio aos órgãos de segurança pública do Estado, nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado, por 90 dias.

Por fim, o governo também autorizou o uso da Força Nacional na região da Terra Indígena Guarita e Terra Indígena Nonoai, no Rio Grande do Sul, por 90 dias, em apoio aos órgãos de segurança pública do Estado, nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora