USDA reduz estimativa para safra de soja 2023/24 do Brasil para 161 milhões de t

São Paulo, 11 - O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) reduziu sua previsão para a safra de soja no Brasil em 2023/24, de 163 milhões para 161 milhões de toneladas. As informações são do relatório mensal de oferta e demanda de novembro, divulgado na sexta-feira passada (8). Já a previsão de exportações foi elevada de 97,50 milhões para 99,50 milhões de toneladas. Para a temporada 2022/23, o USDA elevou a estimativa de produção brasileira de 158 milhões para 160 milhões de toneladas, mas manteve a de exportação em 95,51 milhões de toneladas.

Quanto ao milho, o USDA deixou inalterada sua estimativa para a produção no Brasil em 2023/24, em 129 milhões de toneladas. A expectativa de exportações permaneceu em 55 milhões de toneladas.

A previsão para a safra de soja da Argentina em 2023/24 foi mantida em 48 milhões de toneladas. Para as exportações argentinas, o USDA prevê 4,60 milhões de toneladas, estável ante o mês anterior.

Para o milho argentino em 2023/24, o USDA manteve sua estimativa de produção em 55 milhões de toneladas. A de exportação ficou inalterada em 41 milhões de toneladas.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes