No STF, Fux autoriza quebra de sigilo de Janones por suspeita de 'rachadinha'

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux autorizou nesta quarta-feira, 21, a quebra de sigilos bancário e fiscal do deputado André Janones (Avante-MG). A decisão teve parecer favorável da Procuradoria-Geral da República (PGR) e atende a pedido feito pela Polícia Federal (PF), que investiga suposto esquema de "rachadinha" operado por Janones na Câmara dos Deputados. Na decisão, Fux afirmou que o pedido formulado pela PF está bem fundamentado e há "indícios de possível prática criminosa". Para a Procuradoria-Geral da República, as informações já reunidas "apontam concretamente para a participação dos investigados no esquema de desvio de recursos públicos e recepção de vantagem indevida".