Lucro da Mosaic diminui 30,2% no 4º trimestre de 2023, para US$ 365,3 milhões

São Paulo, 22 - A companhia de fertilizantes Mosaic, dos Estados Unidos, obteve lucro líquido de US$ 365,3 milhões, ou US$ 1,11 por ação, no quarto trimestre de 2023, informou a empresa, na quarta-feira, 21, depois do fechamento do mercado financeiro. O resultado representa queda de 30,2% em relação a igual período do ano anterior, quando a Mosaic lucrou US$ 523,2 milhões, ou US$ 1,52 por ação. Em termos ajustados, o lucro diminuiu de US$ 1,74 para US$ 0,71 por ação. As vendas líquidas diminuíram 29,7% na mesma comparação, para US$ 3,15 bilhões, refletindo preços mais baixos de venda.No segmento de potássio, O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado caiu 46% no quarto trimestre, para US$ 322 milhões. Em fosfatados, o Ebitda ajustado diminuiu 25,6%, para US$ 259 milhões. A operação brasileira, Mosaic Fertilizantes, registrou Ebitda ajustado de US$ 111 milhões no quarto trimestre, aumento de 283% na comparação anual.Em comunicado, a Mosaic disse que pretende continuar se beneficiando do forte mercado de fosfatados, e que está bem posicionada para obter resultados sólidos em 2024, à medida que otimiza as operações de potássio. "Além disso, estamos focados em melhorar o nível de produção de fosfatados, expandir o portfólio de produtos de valor agregado, ampliar nossa liderança no Brasil e melhorar a eficiência geral de nossas operações", disse o presidente e CEO da Mosaic, Bruce Bodine.Segundo a Mosaic, os mercados de grãos devem continuar apertados em 2024. A produção, afetada por questões geopolíticas, condições climáticas extremas e aplicação reduzida de fertilizantes, está enfrentando dificuldades para acompanhar a forte demanda, disse a companhia. "Como resultado, a relação estoque/uso deve continuar pressionada no futuro próximo." A empresa disse que esses fatores são especialmente promissores para fosfatados, cuja oferta global deve seguir apertada em 2024.