Venda de máquinas agrícolas recuou 11,6% no 1º quadrimestre, diz Anfavea

São Paulo, 21 - A venda de máquinas agrícolas no Brasil recuou 11,6% entre janeiro e abril, ante período equivalente de 2023. Os números foram divulgados no período da tarde desta terça-feira, em coletiva, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). A vice-presidente da Anfavea, Ana Helena Andrade, afirmou que o recuo no primeiro quadrimestre do ano pode ser explicado pelo menor preço dos grãos e pelo esgotamento de recursos do Plano Safra.Os números, no entanto, ainda não refletem os negócios fechados em feiras como a Agrishow e a M&T Expo, respectivamente de R$ 13,6 bilhões e de R$ 9 bilhões. "Mas uma coisa é intenção de compra, ir na feira visitar, outra coisa é o que vamos retirar de pedidos", destacou. "Temos desejos muito fortes de converter em negócios o que aconteceu na Agrishow, mas não podemos ter expectativas."De acordo com a associação, em relação a março de 2024 as vendas avançaram 8,9% em abril, mas recuaram 1,7% ante abril de 2023.