Conteúdo publicado há 27 dias

Jovem é resgatada de cárcere privado após sair de casa para morar com namorada no DF

Uma jovem de 22 anos que era mantida em cárcere privado pela companheira foi resgatada na última quinta-feira, 23, em Taguatinga, no Distrito Federal. A vítima, que é natural de Curitiba, no Paraná, conheceu a autora do crime pela internet e foi morar com ela recentemente.

Depois da mudança, a jovem deixou de se comunicar com a família. Na madrugada do dia 22, porém, teria enviado um pedido de socorro à mãe, relatando que era impedida de usar o telefone e sair de casa desacompanhada.

"Toda a agenda do celular havia sido apagada para que ela não entrasse em contato com ninguém. O próprio chip do aparelho teria sido inserido no celular da companheira, para que ela controlasse as ligações", disse o delegado Fabiano Oliveira, da Polícia Civil do Paraná.

Depois de receber a denúncia, o órgão solicitou apoio à Polícia Civil do Distrito Federal, que conseguiu identificar o endereço da suspeita e efetuar o salvamento.

Aos policiais, a jovem disse que também era vítima de ameaças e agressões, e que era obrigada a trabalhar sem remuneração na empresa da autora, "em condição praticamente análoga a escravidão", conforme Oliveira.

A suspeita de 41 anos foi presa em flagrante por cárcere privado em contexto de violência doméstica. Depois de libertada, a vítima retornou à casa da família em Curitiba.

Deixe seu comentário

Só para assinantes