Corte derruba veto a construção de mesquitas na Lombardia

MILÃO, 24 FEV (ANSA) - A Corte Constitucional da Itália invalidou uma lei promulgada na Lombardia, em fevereiro de 2015, que restringia a construção de mesquitas na região, anunciou o órgão na noite desta terça-feira (23).   

Com rejeição unânime, os 15 juízes decidiram que a medida violava diversos direitos dados pela Constituição, entre os quais o princípio de igualdade entre os cidadãos e a liberdade de culto religioso. O texto analisado pela Corte havia sido apresentado pelo governo de Matteo Renzi, ainda em 2015, que se manifestou contrário à decisão tomada pela região italiana.   

O presidente da Lombardia, Roberto Maroni, que pertence ao partido de extrema-direita Liga Norte, ironizou a decisão da Corte. "A Corte rejeitou nossa lei que regulamentava a construção de novas mesquitas. A esquerda comemora: Allah Akbar", postou Maroni em seu Twitter fazendo referência à expressão "Alá é Grande", que ficou mundialmente famosa antes de atentados terroristas ocorridos em Paris.   

O presidente do partido, o polêmico Matteo Salvini, afirmou que a "Corte é islâmica e não italiana" e disse que os juízes "são cúmplices da imigração ilegal".   

O projeto de lei do governo da Liga Norte previa uma série de normas urbanísticas particularmente restritivas para a construção de novos locais de culto.   

Apesar da proibição não estar descrita, a medida complicava ao máximo a construção desses lugares, estabelecendo que não poderiam mais ser erguidas estruturas com campanários altos e nenhum tipo de arquitetura que não correspondesse ao "panorama da Lombardia". Só por esta última obrigação, qualquer mesquita já não poderia ser erguida por ter uma arquitetura estrangeira.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos