Moderados conquistam maioria no Parlamento iraniano

TEERÃ, 29 FEV (ANSA) - Os moderados e reformistas, aliados ao presidente Hassan Rohani, conquistaram maioria no Parlamento iraniano, o Majlis, possibilitando avanços na política de abertura do mandatário nas primeiras eleições após o acordo nuclear assinado com potências ocidentais no ano passado.   

Segundo o Ministério do Interior, os reformistas obtiveram ao menos 85 assentos, os independentes, que também apóiam o acordo nuclear, ao menos 73 cadeiras. Com aliança, eles obtém maioria no organismo formado por 290 representantes. Os fundamentalistas elegeram ao menos 68 deputados, uma queda, considerando que no último pleito conquistaram mais de 100 cadeiras.   

Cinco assentos irão para minorias religiosas e ao menos 59 vagas ainda passarão por um segundo turno que deve acontecer em abril.   

Os reformistas são a favor de expandir as liberdades sociais e de um maior envolvimento com potências ocidentais.   

Os moderados ainda venceram mais de 50% dos cargos disponíveis na Assembleia de Especialistas, formada por 88 pessoas que escolherão o sucessor do Aiatolá Ali Khamenei, o líder supremo do país desde 1989, que rumores dizem estar doente.   

Rohani espera conseguir, com a maioria no Parlamento, atualmente dominado pelos conservadores, prosseguir com sua política de abertura. Esta é a primeira eleição que o Irã realiza desde o histórico acordo nuclear que o governo do presidente assinou com as potências ocidentais em julho de 2015, colocando fim a uma era de hostilidades e sanções econômicas e financeiras contra o país. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos