'Azarado', Ranieri é coroado 'rei da Inglaterra'

LONDRES, 02 MAI (ANSA) - O Leicester City tem 132 anos de existência. Claudio Ranieri tem 30 de carreira como treinador.   


Nesta segunda-feira, dia 2 de maio de 2016, acabou a espera de ambos: com o empate por 2 a 2 entre Chelsea e Tottenham, as "Raposas", comandadas pelo treinador italiano, conquistaram seu primeiro título na Premier League, o disputadíssimo campeonato da Inglaterra.   


Após ter empatado com o Manchester United no último domingo (1º), o Leicester dependia de um tropeço do Tottenham no clássico londrino para faturar a taça inédita. E parecia que a chance de gritar "É campeão!" ficaria para a próxima rodada.   


Ainda no primeiro tempo, os Spurs abriram 2 a 0 no placar e ficaram a cinco pontos do líder, faltando duas rodadas para o fim do torneio.   


No entanto, o Chelsea acordou na segunda etapa e, com gols de Gary Cahill e Eden Hazard, chegou ao empate, resultado que entregou a Premier League ao Leicester City. Para se ter uma ideia do que isso significa, as Raposas nunca haviam conquistado nenhum campeonato importante em seus 132 anos de vida.   


Há dois anos, o time estava na segunda divisão. Em 2015, só escapou de um novo rebaixamento com uma improvável arrancada na reta final. Mas tudo mudaria na atual temporada. Com uma histórica campanha de 22 vitórias, 11 empates e apenas três derrotas, o Leicester superou gigantes poderosos como Manchester United, Manchester City, Chelsea, Liverpool e Arsenal e o ascendente Tottenham.   


Seu treinador, Claudio Ranieri, é tido como "azarado" na Itália e também nunca havia vencido um título de expressão. Até então, suas maiores conquistas eram uma Supercopa da Uefa, pelo Valência, e uma Copa da Itália, pela Fiorentina. Em sua carreira, tem passagens decepcionantes por Juventus, Roma, Inter de Milão, Monaco e Grécia. Agora, virará nome de rua na cidade de Leicester, a "Ranieri Road".   


Outros heróis dessa trajetória fabulosa são o "artilheiro operário" Jamie Vardy, que em 2012 estava na quinta divisão do futebol inglês, o goleiro Kasper Schmeichel, filho da lenda dinamarquesa Peter Schmeichel, e os meio-campistas Daniel Drinkwater e N'Golo Kanté, este último cobiçado pela Juventus.   


Assim que o jogo em Londres terminou, os torcedores tomaram as ruas de Leicester para comemorar o título que há menos de um ano parecia inatingível. O time se reencontrará em campo com seus fãs no próximo sábado (7), em partida contra o Everton.   


"Parabéns ao Leicester. Um título de Premier League extraordinário e completamente merecido", escreveu no Twitter o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron. O curioso é que a cidade de Leicester foi fundada por romanos. E precisou que um romano aparecesse para que seu clube atingisse a glória. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos