Italiano lança livro sobre sobreviventes de massacre da 2ªGM

ROMA, 25 JUL (ANSA) - A área de Sant'Anna di Stazzema, na região italiana da Toscana, foi palco de um dos piores e mais sangrentos massacres da Segunda Guerra Mundial. No dia 12 de agosto de 1944, soldados alemães e italianos mataram cerca de 560 pessoas, dentre elas ao menos 130 crianças.   


O horror desse dia ainda continua vivo na memória de muitos italianos, como na do fotógrafo e publicitário Olivero Toscani, que acaba de lançar a segunda edição de um livro sobre os sobreviventes da tragédia.   


"Não se trata de arte; [esse livro] não é arte, ele é simplesmente memória histórica, um dos trabalhos mais importantes que fiz na minha vida", disse Toscani em entrevista à ANSA.   


As imagens do livro são todas em preto e branco, focam nos rostos das pessoas que viveram o massacre e são acompanhadas por pequenos textos das histórias e dos relatos de cada um deles.   


O livro "I Bambibi Ricordono: Sant'Anna di Stazzema 12 Agosto 1944" ("As Crianças se Lembram: Sant'Anna di Stazzema 12 de Agosto de 1944") foi lançado pela primeira vez em 2003. Na versão mais recente, a obra está mais completa, com mais imagens e textos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos