Cagliari se despede de Nenê, herói do Scudetto de 1970

CAGLIARI, 05 SET (ANSA) - Os torcedores do Cagliari se despediram nesta segunda-feira (5) do ex-atacante brasileiro Cláudio Olinto de Carvalho, mais conhecido como Nenê, um dos heróis do primeiro e único título do clube da Sardenha no Campeonato Italiano.   


O funeral foi realizado na basílica de Bonaria, em Cagliari, e contou com a presença de Gigi Riva, um dos maiores jogadores da história da Itália e companheiro de ataque de Nenê com a camisa rossoblù. "Sem ele, dificilmente o Cagliari teria obtido esses resultados. Hoje é um dia de dor por um grande homem e grande jogador. Agradeço a ele por tudo aquilo que fez por nós", declarou o ex-craque.   


Lançado pelo Santos, onde conquistou duas Libertadores e dois Mundiais ao lado de Pelé, Nenê ainda passou pela Juventus antes de chegar à Sardenha, em 1964. O brasileiro ficou 12 anos no Cagliari e até hoje é um dos que mais defenderam o clube, com 311 partidas.   


Com ele e Gigi Riva no ataque, o time sardo foi campeão italiano em 1969/70, feito que, à exceção do Napoli, jamais viria a ser repetido por uma equipe do sul do país. Nenê faleceu no último sábado (3), aos 74 anos, vítima de uma crise respiratória.   


Quando seu caixão entrou na basílica, a multidão o saudou com aplausos e gritos de "Força, Nenê!", como se o ex-jogador estivesse pisando no gramado para um duelo da Série A. "Vivemos de lembranças intensas, e os sardos e a Sardenha não se esquecem de Nenê", disse em sua homilia o arcebispo de Cagliari, Arrigo Miglio.   


A idolatria pelo brasileiro na cidade é tão grande que até o prefeito Massimo Zedda participou do funeral. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos