É preciso 'paciência' com Brasil, diz CEO da Fiat Chrysler

SÃO PAULO, 29 SET (ANSA) - O CEO do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA), Sergio Marchionne, disse que é preciso ter "paciência" com o Brasil, cujo mercado de automóveis só deve começar a se recuperar no segundo semestre do ano que vem.   


Segundo o jornal "Valor Econômico", o executivo, que se reuniu com o presidente Michel Temer em Brasília, destacou que ainda levará um "longo tempo" para os resultados das montadoras voltarem aos patamares de 2012. "Temos de ser pacientes com o Brasil", afirmou.   


Ainda segundo o diário, Marchionne se absteve de comentar a crise política que culminou no impeachment de Dilma Rousseff, mas ressaltou que é necessário um "ajuste" para tornar menor a "interferência do governo nos negócios".   


O CEO também veio ao Brasil para o lançamento mundial do Jeep Compass, ocorrido na última segunda-feira (26). A retomada da marca é um dos pilares da estratégia global da FCA, e em 2015 a Jeep já alcançou o melhor resultado de sua história de 75 anos.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos