Mostra na Casa Fiat revela rotina de comerciantes italianos

SÃO PAULO, 20 FEV (ANSA) - A Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura, situada em Belo Horizonte (MG), recebe desde o dia 7 de fevereiro uma exposição sobre o cotidiano de comerciantes italianos, retratado pelas lentes do artista visual mineiro Daniel Pinho.   


A mostra "Ritratti di Commercianti" ("Retratos de Comerciantes", em tradução livre) inclui 16 retratos que, por meio de uma ótica que une arte e antropologia, revelam proprietários de pequenos negócios na cidade de Bolonha, no norte da Itália, onde Pinho viveu por quatro anos.   


A série "Ritratti di Commercianti" foi realizada pelo artista mineiro entre 2011 e 2014 e é uma espécie de "catálogo" de profissões, apresentando comerciantes italianos em 16 retratos feitos com câmera digital. Durante sua passagem por Bolonha, Pinho fotografou vendedores de sapatos artesanais, bolsas e acessórios, roupas, tecidos e produtos de limpeza, além de gráficas, quitandas, açougues, funerárias, padarias e bares.   


Para escolher seus personagens, o artista circulava sem rumo pela cidade e entrava nas lojas que mais chamavam sua atenção.   


"Raros comerciantes se recusaram a participar da série. Pelo contrário, a maioria gostava da proposta e sentia orgulho do próprio ofício", disse o mineiro.   


A exposição ainda conta com um mapa da capital da Emilia-Romana com todos os pontos fotografados pelo artista. Com entrada gratuita, a mostra ficará em cartaz até 12 de março de 2017. O horário de visitação vai das 10h às 21h, de terça a sexta-feira, e das 10h às 18, aos sábados, domingos e feriados.   


O endereço é Praça da Liberdade, número 10. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos