Maratonista olímpica russa é suspensa por 4 anos por doping

MOSCOU, 25 ABR (ANSA) - A Federação de Atletismo da Rússia anunciou nesta segunda-feira (24) que irá suspender por quatro anos a maratonista Albina Mayorova por doping.   


A decisão de afastar Mayorova, que representou a Rússia em maratonas dos Jogos Olímpicos de Londres (2012) e Atenas (2004), foi tomada após o resultado de um exame antidoping, feito no ano passado, revelar o excesso de testosterona no sangue da atleta. A suspensão da maratonista de 39 anos, oitava na classificação das Olimpíadas de Londres, poderá significar o fim de sua carreira.   


Além disso, o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu afastar outros dois atletas do país por terem seus exames antidopings positivos em novas análises.   


A heptatleta russa Tatiana Chernova foi flagrada com a presença de turinabol, um tipo de anabolizante, no corpo. Ela deverá devolver a medalha de bronze conquistada nos Jogos Olímplicos de Pequim, em 2008.   


O maratonista Maksim Dyldin, quinto colocado nas Olimpíadas de Londres, também foi suspenso pelo uso de esteroides e deverá devolver o diploma de reconhecimento recebido pelo COI. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos