Airbnb lança em Milão site para acolher refugiados

MILÃO, 5 JUL (ANSA) - O serviço de hospedagens Airbnb lançou um site dedicado ao acolhimento de imigrantes e refugiados nas casas dos italianos e apresentou o projeto na Prefeitura de Milão nesta quarta-feira, dia 5. Com o portal, todos que quiserem podem colocar à disposição um quarto, uma casa ou um apartamento para o acolhimento temporário e gratuito de requerentes de refúgio, que têm a proteção internacional e que estão legalmente na Itália. O site "Open Homes Rifugiati", já no ar há cerca de 10 dias, é um projeto mundial que foi lançado oficialmente nesta quarta em Milão pelo exemplo que a cidade italiana representa em relação ao acolhimento dos imigrantes. Na Itália, essa recepção será organizada junto à Comunidade de Sant' Egidio e à associação Refugees Welcome Italia. Os cidadãos que quiserem hospedar essas pessoas podem se candidatar no portal e quem já tiver sua moradia cadastrada pode também sinalizar que hospedará refugiados sem custos. Com o novo site, a Airbnb está empenhada em fornecer habitação, mesmo que temporária, a cerca de 100 mil pessoas em dificuldade em todo o mundo nos próximos cinco anos.   


Uma experiência do gênero teve início em 2012 nos Estados Unidos após o furacão Sandy, quando a companhia se ofereceu espontaneamente para acolher desabrigados do ciclone. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos