No Dia Mundial da Pasta, conheça benefícios do alimento

ROMA, 25 OUT (ANSA) - No Dia Mundial da Pasta, celebrado nesta quarta-feira (25) em todo o mundo, uma boa notícia para os amantes do alimento: ele torna as pessoas mais felizes, ajuda no emagrecimento e ainda proporciona um sono melhor.   


"Basta com os falsos mitos sobre a pasta. Não é verdade, por exemplo, que não se pode comê-la à noite. Ela ainda estimula a tireoide e faz muito bem ao humor", diz a endocrinologista e nutricionista italiana Serena Missori.   


A especialista deu dicas para quem quer incluir o alimento na dieta de maneira saudável, tornando o consumo de massas um "prazer gastronômico".   


Segundo Missori, é indicado sempre privilegiar a pasta do tipo "grano duro", sendo ainda melhor se for a opção integral. Já o "spaghetti" é o mais saudável dos tipos de pasta porque contém um índice glicêmico menor e pode ser usado para quem quer perder peso.   


A especialista ainda destaca que o consumo da massa muito cozida não deve ocorrer por ser menos saudável. Quando a massa está "al dente", ela contém um menor índice de açúcar e dá mais saciedade, evitando um consumo excessivo do alimento.   


Ainda de acordo com a endocrinologista, tanto a versão de um espaguete com óleo extravirgem ou uma tradicional carbonara são saudáveis - já que a última dá um "impulso ao consumo de proteínas", além de estimular a tireoide.   


A pasta também pode ser consumida à noite, especialmente, em dias em que as pessoas estão estressadas, sofrendo com insônia e, no caso das mulheres, se estão enfrentando a menopausa ou a famosa tensão pré-menstrual (TPM). Isso porque a massa favorece a síntese da serotonina e de melatonina, fazendo com que o corpo absorva melhor o triptofano e cause um melhor relaxamento, além de favorecer o sono. Se as pessoas estão relaxadas, os hormônios do estresse são reduzidos, entre os quais o cortisol, que favorece ao aumento de peso. Já a quantidade de vezes que o alimento deve ser consumido varia de pessoa para pessoa, mas a boa notícia é que a pasta pode ser incluída com frequência na dieta. Para quem tem a doença celíaca ou sensibilidade ao glúten, uma boa notícia: o consumo de massas feitas de arroz, quinoa ou sarraceno também tem muitos benefícios, desde que sempre cozida "al dente" e associada a verduras e legumes. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos