PUBLICIDADE
Topo

Unesco reconhece 3 novas reservas da biosfera na Itália

27/07/2018 11h50

ROMA, 27 JUL (ANSA) - O conselho do Programa Homem e Biosfera (MAB, na sigla em inglês), da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), declarou três lugares italianos como novas reservas mundiais da biosfera.   


O reconhecimento foi dado nesta quinta-feira (26), durante a 30ª sessão do conselho, que está em curso em Palembang, na Indonésia.   


As novas reservas são as de Ticino-Val Grande Verbano e Valle Camonica-Alto Sebino, no norte da Itália, e Monte Peglia, no centro, conforme afirmou em nota o Ministério do Meio Ambiente.   


Ticino-Val Grande Verbano é uma extensão da reserva Valle del Ticino, que agora compreende também o Lago Maggiore, o Campo das Flores e Val Grande. Equivale a uma superfície de mais de 300 mil hectares de território e abraça 217 cidades das regiões de Lombardia e Piemonte.   


O Valle Camonica-Alto Sebino envolve 45 municípios da Lombardia, em uma superfície total que supera 130 mil hectares, enquanto o Monte Peglia inclui quatro cidades da província de Terni, na Úmbria, com uma superfície que passa de 40 mil hectares.   


Com essa decisão, a Itália possui 18 reservas reconhecidas pelo Programa Homem e Biosfera. Para o ministro do Meio Ambiente do país, Sergio Costa, esse é um reconhecimento internacional muito importante para a Itália. "As áreas protegidas representam o capital natural em que devemos investir, seja em termos sociais, seja em termos de pesquisa, ou em termos econômicos ligados à sustentabilidade", afirmou. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.