PUBLICIDADE
Topo

6 milhões de aposentados italianos ganham menos de mil euros

25/10/2018 11h05

ROMA, 25 OUT (ANSA) - Cerca de 6 milhões de aposentados na Itália recebem menos de mil euros por mês do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), segundo relatório divulgado nesta quinta-feira (25) pela entidade.   

O valor, equivalente a R$ 4,24 mil pela cotação atual, é considerado baixa renda na Itália. Os 6 milhões de cidadãos correspondem a 37,5% do total de aposentados no país e são formados majoritariamente por mulheres (64%).   

Do total de aposentadas, 45,9% recebem menos de mil euros por mês. Na outra ponta da pirâmide, 266.188 pessoas (1,7% do total) têm aposentadorias superiores a 5 mil euros brutos, sendo que 80,8% dos beneficiados são homens.   

A próxima lei orçamentária italiana prevê um piso de 780 euros para as aposentadorias e o pagamento de uma "renda de cidadania" para desempregados ou trabalhadores que recebam salários inferiores a esse valor.   

Atualmente, cidadãos de baixa renda já contam com um benefício mensal de até 485 euros por até 18 meses. O governo também apresentou um projeto para introduzir a chamada "cota 100" no sistema previdenciário, o que permitirá que cidadãos se aposentem quando atingirem 100 anos na soma da idade com o tempo de contribuição.   

Hoje a idade mínima é de 66 anos e sete meses. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.