PUBLICIDADE
Topo

Professores são presos na Itália acusados de agredir alunos

26/10/2018 09h08

ROMA, 26 OUT (ANSA) - As autoridades italianas decretaram nesta sexta-feira (26) a prisão domiciliar de quatro professores sob a acusação de agressão contras alunos de uma creche em Bari, na Itália.   

De acordo com relatos, os educadores teriam empurrado e batido nas crianças, forçando-as a ficar sentadas com as cabeças para baixo, além de intimidar os alunos. Os carabineiros comprovaram as denúncias por meio de imagens das câmeras instaladas na creche. Na gravação é possível ver as crianças sendo puxadas até caírem no chão, agredidas ou forçadas a ficar em um canto da sala de aula, com os rostos voltados para a parede ou com as mãos nas costas, por períodos prolongados. Os professores italianos ainda ameaçaram as crianças, dizendo que todas "seriam amarradas com uma corda" e que "seriam levadas pela polícia para um alojamento, onde um cachorro lhe daria uma mordida". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.