PUBLICIDADE
Topo

PF cumpre mandados por ameaça de ataque a Bolsonaro em posse

31/12/2018 12h45

SÃO PAULO, 31 DEZ (ANSA) - A Polícia Federal e a Polícia Civil do Distrito Federal cumprem nesta segunda-feira (31) sete mandados de busca e apreensão em investigação sobre um grupo que ameaçou o presidente eleito, Jair Bolsonaro, com uma suposta bomba.   


A operação acontece em Brasília, Goiás e São Paulo. A investigação está em segredo de justiça, mas é destinada ao grupo "Maldição Ancestral", que teria colocado uma bomba no Santuário Menino Jesus, em Brazlândia, no Distrito Federal, no último dia 25 de dezembro. A Policia Civil ainda alertou à PF que, em um texto em seu site, o grupo cogitou a possibilidade de realizar um ataque contra o presidente eleito durante sua posse, no dia 1º de janeiro. Por esse motivo, o órgão passou a investigar o caso.   


"Se a facada não foi suficiente para matar Bolsonaro, talvez ele venha a ter mais surpresas em algum outro momento, já que não somos os únicos a querer a sua cabeça. Dia 01 de Janeiro de 2019 haverá aqui em Brasília a posse presidencial, e estamos em Brasília e temos armas e mais explosivos estocado.", diz a publlicação.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.