PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro passa por cirurgia para tirar bolsa de colostomia

28/01/2019 07h36

SÃO PAULO, 28 JAN (ANSA) - Começou por volta de 6h30 da manhã desta segunda-feira (28) a cirurgia para retirada da bolsa de colostomia usada pelo presidente Jair Bolsonaro em função do atentado que sofreu em 6 de setembro de 2018, em Juiz de Fora (MG).   


A operação deve durar de três a quatro horas e é comandada pelo gastroenterologista Antonio Luiz Macedo, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A intervenção prevê a retirada da bolsa e a religação do intestino de Bolsonaro, ferido no ataque do ano passado.   


A Presidência ficará a cargo do vice Hamilton Mourão até quarta-feira (30), quando Bolsonaro, que deve ficar internado por cerca de 10 dias, passará a despachar do Albert Einstein.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.