PUBLICIDADE
Topo

Fiorentina faz 7 a 1 e elimina Roma da Copa da Itália

30/01/2019 17h23

SÃO PAULO, 30 JAN (ANSA) - A Fiorentina não tomou reconhecimento da Roma nesta quarta-feira (30), em Florença, e goleou o clube da capital por 7 a 1, em partida válida pelas quartas de final da Copa da Itália. Com o resultado, os giallorossi foram eliminados da competição.   


O grande destaque da partida foi o jovem atacante Federico Chiesa, autor de três gols na partida. Luis Muriel, Giovanni Simeone e Marco Benassi deram números finais para a goleada da Viola.   


Até o momento, a Fiorentina foi a segunda equipe que garantiu vaga nas semifinais. Além dela, o Milan também avançou de fase após ter vencido ontem (29) o Napoli, por 2 a 0. Ainda hoje (30), a Juventus pegará a Atalanta, em Turim.   


Primeiro tempo - Buscando a classificação para a próxima fase, a Fiorentina pressionou a Roma no começo do jogo e logo aos sete minutos saiu o primeiro gol. O clube da capital perdeu a bola no meio de campo e a Viola iniciou um contra-ataque, Kevin Mirallas cruzou na esquerda e achou Federico Chiesa livre e o atacante não desperdiçou.   


Exatamente 10 minutos depois, a Fiorentina complicou a situação da Roma ao marcar o segundo gol. Mirallas acertou outro passe na medida para Chiesa, que saiu cara a cara com o goleiro Robin Olsen e mandou para o fundo da rede.   


No primeiro ataque perigoso da Roma, aos 27 minutos, o time giallorosso conseguiu diminuir. Em uma boa jogada coletiva, a bola sobrou para Aleksandar Kolarov, que chutou de fora da área e acertou o ângulo do arqueiro Alban Lafont.   


Apesar do gol, a Roma não empolgou e pouco mais de cinco minutos depois levou o terceiro. O lateral Cristian Biraghi aproveitou a frágil defesa romana e invadiu a área, o italiano cruzou rasteiro e encontrou Luis Muriel livre para chutar e vencer Olsen.   


Antes de terminar a primeira etapa, ambos os times tiveram uma oportunidade cada de mexer no placar, mas Lafont e Olsen salvaram suas respectivas equipes.   


Segundo tempo - A Roma voltou melhor no segundo tempo e não diminuiu aos 60 minutos graças a uma defesa milagrosa de Lafont. Edin Dzeko cruzou dentro da área e achou Nicolò Zaniolo, o jovem meio-campista mandou de cabeça e o goleiro francês fez uma bela intervenção de mão trocada.   


Apesar das tentativas da Roma, a Fiorentina conseguiu achar o quarto gol. O artilheiro Muriel, desta vez, serviu o meio-campista Marco Benassi para balançar a rede do clube da capital.   


As coisas para a Roma pioraram ainda mais, principalmente após a expulsão de Dzeko. Jogando com um a menos, a chuva de gols não parou por aí. Aos 74 minutos, Benassi cruzou para Chiesa, que dominou, ganhou da marcação e anotou o seu terceiro gol na partida.   


Pouco tempo depois, outro gol da Fiorentina, o sexto. Edimilson Fernandes tocou para Giovanni Simeone, que passou facilmente pela defesa romana e chutou na saída de Olsen. Nos minutos finais, o argentinou fez o sétimo após aproveitar o lançamento de Jordan Veretout, no campo de defesa, e ficar na cara do gol para aumentar o drama da Roma.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.