PUBLICIDADE
Topo

Lotito apresenta recurso contra apreensão de 26 mil euros

30/01/2019 18h01

ROMA, 30 JAN (ANSA) - O presidente da Lazio, Claudio Lotito, apresentou nesta quarta-feira (30) ao tribunal de Riesame um recurso contra a apreensão de 26 mil euros ordenada no início da semana pela justiça italiana.   


Lotito está entre as 197 pessoas que estão sendo investigadas por supostamente participarem de um esquema ilegal para cancelar multas trânsito aplicadas entre 2012 e 2014.   


De acordo com o cartola italiano, em entrevista ao jornal "Il Messaggero", o seu envolvimento na investigação é um "grande equívoco".   


Segundo a imprensa italiana, no recurso apresentado pelo advogado de Lotito, Gian Michele Gentile, foram anexados os documentos que provariam o "cancelamento regular" das multas.   


Aos 61 anos, Lotito é presidente da Lazio desde 2004. Dois anos depois, ele chegou a ser banido por dois anos e meio do futebol por conta do escândalo de manipulação de resultados que manchou o futebol italiano, batizado de "Calciopoli".(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.