PUBLICIDADE
Topo

Urbino prepara eventos pelos 500 anos da morte de Raffaello

17/01/2020 11h58

URBINO, 17 JAN (ANSA) - Por ocasião dos 500 anos da morte do artista italiano Raffaello Sanzio (1483-1520), a cidade de Urbino, onde nasceu o pintor, se prepara para homenageá-lo com diversas exposições e outros eventos.   


Uma das primeiras mostras acontece até este domingo (19) na Galeria Nacional das Marcas, na cidade natal do artista. A exposição "Raffaello e os amigos de Urbino" narra o ambiente artístico em que Raffaello cresceu, como o treinamento que recebeu na corte renascentista da família Montefeltro e os seus primeiros passos no ateliê do seu pai, o pintor Giovanni Santi.   


Ainda em Urbino, outras iniciativas comemorativas serão realizadas durante o ano. Entre elas está a criação de aplicativos para celular, visitas guiadas aos lugares que marcaram a vida de Raffaello e conferências em universidades.   


O Aeroporto Internacional das Marcas, na cidade de Falconara Marittima, abrigará até próxima segunda-feira (20) uma exposição com 45 reproduções de obras primas de Raffaello.   


Apesar de ter nascido em Urbino, o pintor renascentista trabalhou em diversas cidades da Toscana, Úmbria, Marcas e Lazio, como Roma. A capital italiana homenageará Raffaello com uma grande exposição nas Scuderie del Quirinale, onde será exibido muitas de suas obras-primas entre 5 de março e 2 de junho.   


Raffaello nasceu em 1483, mas faleceu no dia 6 de abril de 1520 na cidade de Roma, aos 37 anos. Ao lado de Michelangelo e Leonardo Da Vinci, ele foi um dos principais artistas do Renascentismo.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias