PUBLICIDADE
Topo

Arqueólogos descobrem mosaico de antiga vila romana na Itália

O mosaico de uma antiga vila romana na Itália foi encontrado em excelente estado de conservação - Handout / Superintendence of Fine Arts and Landscape of Verona, Rovigo and Vicenza / AFP
O mosaico de uma antiga vila romana na Itália foi encontrado em excelente estado de conservação Imagem: Handout / Superintendence of Fine Arts and Landscape of Verona, Rovigo and Vicenza / AFP

28/05/2020 14h56

Arqueólogos descobriram na cidade de Negrar di Valpolicella, na região do Vêneto, no norte da Itália, um piso em mosaico que pertencia a uma antiga vila romana.

O chão, que foi encontrado em excelente estado de conservação, estava abaixo de alguns metros de uma grande plantação de uva. Segundo os especialistas, o piso em mosaico romano encontrado remonta ao terceiro século depois de Cristo, cerca de 1,7 mil anos atrás.

28/05/2020 - Arqueólogos descobrem mosaico de antiga vila romana na Itália - Handout / Superintendence of Fine Arts and Landscape of Verona, Rovigo and Vicenza / AFP - Handout / Superintendence of Fine Arts and Landscape of Verona, Rovigo and Vicenza / AFP
Imagem: Handout / Superintendence of Fine Arts and Landscape of Verona, Rovigo and Vicenza / AFP

Já de acordo com as autoridades regionais, essas foram as primeiras evidências da existência de uma vila romana no local. Diversas escavações aconteceram anteriormente, mas nenhuma teve resultado positivo.

Os arqueólogos estão descobrindo aos poucos o resto do histórico artefato, com o objetivo de encontrar com precisão a extensão e a localização exata de algum edifício. A instituição responsável pelos patrimônios culturais da região estuda em fazer uma proposta para comprar a área. No entanto, uma vinícola de renome internacional já teria feito uma oferta.

O desejo dela é adquirir toda a vinha, mas deixar o local arqueológico à disposição do público.

O município dará toda a colaboração necessária, a partir de agora, aos profissionais da Superintendência e aos proprietários da área pela unidade de propósitos e pela disponibilidade com a qual estão realizando o projeto", escreveu a cidade de Negrar em uma publicação no Facebook.

Notícias