PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
5 meses

Brasileira que sequenciou DNA de coronavírus vira Barbie

04/08/2021 11h17

SÃO PAULO, 4 AGO (ANSA) - A biomédica brasileira Jaqueline Góes de Jesus foi uma das escolhidas pela fabricantes de brinquedo Mattel para se tornar uma das bonecas da nova linha da Barbie. A cientista foi uma das responsáveis pelo sequenciamento genético do coronavírus Sars-CoV-2 dos primeiros casos da Covid-19 na América Latina.   


Góes de Jesus é natural de Salvador, na Bahia, e tem diversas formações na área de biomedicina e Patologia Humana.   


Atualmente, é pesquisadora bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e estava na equipe da imunologista Ester Cerdeira Sabino, que conseguiu sequenciar o genoma do vírus cerca de 48 horas depois da confirmação do primeiro caso de Covid-19 no Brasil. Normalmente, esse processo dura em média 15 dias.   


Além da brasileira, outras cinco profissionais da área da saúde, que atuaram de alguma forma na linha de frente de combate à pandemia, foram homenageadas pela Mattel.   


- A médica Audrey Sue Cruz, que atua em Las Vegas (EUA) e faz uma campanha para o fim do preconceito contra profissionais da saúde asiático-americanos; - A médica australiana Kirby White, que conseguiu desenvolver equipamentos de proteção pessoal (EPIs) reutilizáveis para equipes hospitalares; - A professora Sarah Gilbert, líder da pesquisa britânica responsável pelo desenvolvimento da vacina anti-Covid da Universidade de Oxford/AstraZeneca; - A médica canadense Chika Stacy Oriuwa, que luta contra o racismo no sistema de saúde do país; - A enfermeira norte-americana Amy O'Sullivan, considerada uma das 100 pessoas mais influentes do país em 2020 e a responsável por tratar o primeiro paciente com Covid-19 de Nova York. Ela também contraiu a doença e chegou a ser entubada, mas após se recuperar, voltou ao trabalho na linha de frente da pandemia.   


(ANSA).   


Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.