Teatro alla Scala de Milão abre temporada com presenças ilustres

MILÃO, 6 DEZ (ANSA) - A reabertura da temporada lírica do Teatro alla Scala, em Milão, ocorrerá nesta quinta-feira (7), com o espetáculo Don Carlo, de Giuseppe Verdi, dirigido por Riccardo Chailly.   

No palco real estarão, entre outros convidados ilustres, o presidente do Senado, Ignazio La Russa; o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, que também é presidente do teatro; e, pela primeira vez, a senadora vitalícia Liliana Segre.   

Não estarão presentes o presidente, Sergio Mattarella, nem a premiê, Giorgia Meloni.   

Entre os integrantes do governo, confirmaram presença o vice-premiê Matteo Salvini, o ministro da Cultura, Gennaro Sangiuliano; a titular das Reformas, Maria Elisabetta Casellati; e os subsecretários de Cultura Gianmarco Mazzi e Vittorio Sgarbi.   

O Chefe do Estado-Maior, Giuseppe Cavo Dragone, também estará presente, assim como o governador da região, Attilio Fontana.   

Raina Kabaivanska, inesquecível protagonista do "Don Carlo" no papel de Elisabetta em 1964 com Gabriele Santini e em 1969 com Claudio Abbado, também marcará presença.   

Ainda são esperados a cantora Ornella Vanoni, os arquitetos Stefano Boeri e Mario Botta, responsáveis pela reforma do teatro, o cineasta Pedro Almodóvar e o ator Louis Garrel, como outras personalidades.   

A tradição, que mobiliza a capital financeira da Itália, ocorre sempre no dia 7 de dezembro, dia de Sant'Ambrogio, padroeiro de Milão.   

Para quem não consegue comprar os ingressos, a ópera é transmitida em cinemas, teatros e espaços culturais da cidade. (ANSA).   

Continua após a publicidade

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes