1ª vítima identificada de ataque em Manchester havia postado foto tirada com Ariana Grande em 2015

  • Instagram/Georgina.Bethany

    Georgina Callander (à esquerda) com Ariana Grande em 2015

    Georgina Callander (à esquerda) com Ariana Grande em 2015

Uma estudante de Lancashire, na Inglaterra, foi a primeira vítima a ser identificada do ataque em um ginásio de Manchester, Inglaterra, na noite de segunda-feira. Georgina Callander, de 18 anos, foi uma das 22 pessoas mortas na explosão de um homem-bomba após o show da cantora americana Ariana Grande.

Em 2015, Georgina postou em sua conta no Instagram uma foto em que aparece junto com a cantora americana. Ela foi descrita por amigos como "uma superfã de Ariana Grande".

No domingo, ela enviou uma mensagem à conta de Twitter da cantora americana, dizendo: "ESTOU TÃO FELIZ POR VER VOCÊ AMANHÃ".

Amigos de Georgina também têm prestado homenagens à amiga nas mídias sociais.

A jovem estava no segundo ano do curso de Saúde e Serviço Social na Faculdade de Runshaw, am Lancashire, que anunciou o nome de Georgina Callander "com enorme tristeza".

"Nossa profunda solidariedade, pensamentos e preces vão para toda a família e amigos de Georgina, além de todos afetados por essa perda", disse a faculdade num comunicado.

Segundo o jornal britânico Evening Standard, Georgina morreu no hospital, com sua mãe ao lado.

A polícia trabalha com informações de familiares e amigos de pessoas desaparecidas que foram ao show de Ariana Grande.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos