Ministra alemã promete indenização a vítimas do atentado em Berlim

Após notícias sobre lacuna na legislação, que excluiria vítimas do ataque em Berlim, Andrea Nahles garante a elas o pagamento de indenizações e promete revisão na lei.A ministra alemã do Trabalho, Andrea Nahles, prometeu nesta sexta-feira (23/12) uma indenização para as vítimas do atentado a um mercado de Natal em Berlim, que deixou 12 mortos e mais de 50 feridos. "Para o Ministério do Trabalho é importante que todos recebam a ajuda que precisam", destacou o ministério, em comunicado à rede de jornais RND. Pouco antes do anúncio, a imprensa alemã afirmou que vítimas de atentados cometidos com veículos estavam excluídas da legislação que determina o pagamento de indenizações, devido a uma cláusula presente nesta lei. O ministério disse que analisará a legislação referente ao tema e que, se houver alguma lacuna que exclua o pagamento às vítimas do atentado de Berlim, a lei será revista. O ataque à feira de Natal do bairro Charlottenburg, na noite desta segunda-feira, deixou 12 pessoas mortas e mais de 50 feridos. Um caminhão avançou sobre as barracas da feira. O tunisiano Anis Amri, de 24 anos, que foi morto pela polícia na Itália, é o principal suspeito de ser o condutor do veículo. CN/rtr/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos