ThyssenKrupp anuncia venda da CSA

Siderúrgica alemã encontra comprador para deficitária unidade brasileira e declara encerrado "capítulo América", que, segundo números próprios, deu 8 bilhões de euros de prejuízo.O grupo industrial alemão ThyssenKrupp anunciou nesta quarta-feira (22/02) que conseguiu encontrar um comprador para sua siderúrgica no Rio de Janeiro, a CSA (Companhia Siderúrgica do Atlântico). Segundo a ThyssenKrupp, o conglomerado argentino Ternium pagará 1,5 bilhão de euros pela CSA, incluindo uma dívida de 300 milhões com o BNDES. Com isso, o "deficitário capítulo América" está fechado, e um "importante marco na reestruturação" da empresa teria sido alcançado. A siderúrgica alemã espera reduzir seu endividamento com a venda da CSA. Mesmo descontados os valores recebidos pela venda da CSA e da usina no estado americano do Alabama, o prejuízo causado pelo "capítulo América" chega a 8 bilhões de euros, comunicou a ThyssenKrupp. Ainda segundo a ThyssenKrupp, a negociação necessita de aprovação de autoridades antitruste e deverá estar concluída em setembro. Há anos, a ThyssenKrupp procurava um comprador para a CSA, que era deficitária. Em 2014, o conglomerado alemão já havia vendido a usina siderúrgica do Alabama, que também dava prejuízo. AS/afp/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos